Escola de Inverno

Escola de Inverno da Maratona SBC de Programação

A Escola de Inverno da Maratona de Programação 2021 é organizada pela Sociedade Brasileira de Computação e será realizada junto com o Congresso da Sociedade Brasileira de Computação.

O objetivo da escola é desenvolver habilidades de programação e preparar os/as estudantes para competirem na Maratona de Programação.

Para participar da Escola de Inverno, o/a estudante deve estar regularmente inscrito no Congresso da SBC e realizar um pré-registro online (disponível em breve).

A Escola de Inverno adotará um formato não-presencial e ocorrerá nos dias 20 e 21 de julho. Teremos aulas e exercícios (contests) em cada um dos dias. A escola contará com 7 professores especialistas em Computação e com interesse na Maratona de Programação.

Professores

Cristiane Maria Sato recebeu o grau de doutora em Combinatória e Otimização — Universidade de Waterloo — 2013. Cristiane atua na área de Teoria da Computação, Teoria dos Grafos e Combinatória. Foi medalhista de ouro na Maratona de Programação em 2007 quando estudava na Universidade de São Paulo. Participou da final mundial em 2008. Desde 2013, Cristiane trabalha na Universidade Federal do ABC atuando em cursos de graduação e pós-graduação.

Erika Moraes Martins Coelho e Márcia Rodrigues Cappelle são professoras da Universidade Federal de Goiás desde 2010. Erika recebeu o grau de doutora em Engenharia de Sistemas e Computação — Universidade Federal do Rio de Janeiro — 2012. Márcia recebeu o grau de doutora em Ciência da Computação — Universidade Federal de Goiás — 2014. Ambas atuam na área de Teoria da Computação. Entre 2012 e 2014, Erika participou de um programa de treinamento para a Olimpíada Brasileira de Informática em Goiás. As professoras já orientaram vários alunos/alunas em cursos de graduação e pós-graduação.

Giovanna Kobus Conrado iniciou seus estudos na Universidade de São Paulo em 2017. Participou do programa de treinamento para a Maratona de Programação da USP. Ela possui destaque em competições de programação nacionais e internacionais. Foi medalhista de ouro na Maratona de Programação em 2019 pela Universidade de São Paulo. Giovanna está classificada para a próxima final mundial. Atualmente é estagiária no Facebook.

Luciana Salete Buriol recebeu o grau de doutora em Engenharia Elétrica — Universidade Estadual de Campinas — 2003. Atua nas áreas de Algoritmos, Heurísticas e Pesquisa Operacional. Já orientou vários alunos/alunas premiados pelas Sociedade Brasileira de Computação, e por outras sociedades científicas. Desde 2006, Luciana trabalha na Universidade Federal do Rio Grande do Sul atuando em cursos de graduação e pós-graduação. Recentemente, aceitou o desafio de trabalhar como pesquisadora na Amazon.

Luís Fernando Schultz Xavier da Silveira recebeu o grau de doutor na Escola de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação — Universidade de Ottawa — 2020. Luíz Fernando foi medalhista de prata (bronze) na Maratona de Programação em 2008 (2009) quando estudava na Universidade Federal de Santa Catarina. Participou da final mundial em 2009 e 2010. Atualmente, Luís Fernando trabalha como consultor na Quantstamp.

Rosiane de Freitas Rodrigues recebeu o grau de doutora em Engenharia de Sistemas e Computação — Universidade Federal do Rio de Janeiro — 2009. Atua nas áreas de Algoritmos e Combinatória. Participa do comitê organizador da Maratona de Programação. Foi técnica de uma equipe medalhista de bronze na Maratona de Programação em 2019. Orientou alunos/alunas premiados em concursos da Sociedade Brasileira de Computação, e por outras sociedades científicas. Rosiane é professora na Universidade Federal do Amazonas desde 2009 onde atua em cursos de graduação e pós-graduação.

Coordenação

Álvaro Junio Pereira Franco (UFSC)

Maicon Rafael Zatelli (UFSC)

Contato

alvaro.junio@ufsc.br